Programa de Desenvolvimento de Competências em Gerenciamento de Obras

 

IDEAL para os engenheiros e arquitetos que:

  • Querem fortalecer sua “musculatura” em competências de gerenciamento de obras;
  • Querem ampliar suas experiências práticas via treinos;
  • Querem acessar conteudos no seu próprio ritmo devido à sua agenda de trabalho;
  • Querem se aprimorar mesmo quando a obra é longe dos centros urbanos;
  • Que querem se desafiar constantemente, mesmo quando estão sem obra.

 

Você verá conceitos do que de fato são "partes interessadas"; a grande maioria das pessoas e entidades que compõem esse grupo; quais delas são consideradas primárias, quais são partes interessadas externas ao grupo da obra e da empresa e  lista e sequência de possíveis passos no gerenciamento das partes interessadas.

IMPORTANTE: Se você estiver inscrito em um Programa de Pós Graduação do Prof Wille ou de Desenvolvimento de Competências em Gerenciamento de Obras, você JÁ DEVERÁ ESTAR INSCRITO nesta SALA. Se eventualmente você não conseguir acessar, contate seu professor, mas NÃO siga o link para compra!

Esta Sala é fundamental para quem deseja ser ou se aprimorar como GERENTE DE OBRA!

Esta Sala traz informações específicas sobre o que faz um GERENTE DE OBRA. Na Indústria da Construção Civil esta atividade é também conhecida como Gerente do Empreendimento. No ambiente mais amplo de gerenciamento de projetos, esta atividade é chamada com a de um Gerente de Projeto (onde a obra é o "projeto").

Note que a função do engenheiro civil ou do arquiteto, enquanto realizando atividades técnicas (ou seja, gerando resultados através do seu PRÓPRIO TRABALHO) não é a de um Gerente de Obras. Quando exercem funções técnicas eles podem estar atuando como Eng ou Arq. Residentes, como Fiscalização Técnica, etc.

Já o gerente de projetos/obras/empreendimentos atua de modo a obter resultados ATRAVÉS DO TRABALHO DA SUA EQUIPE. Suas atividades são de coordenação, liderança, dentre outras a serem apresentadas nesta sala.

IMPORTANTE: Se você estiver inscrito em um Programa de Pós Graduação do Prof Wille ou de Desenvolvimento de Competências em Gerenciamento de Obras, você JÁ DEVERÁ ESTAR INSCRITO nesta SALA. Se eventualmente você não conseguir acessar, contate seu professor, mas NÃO siga o link para compra!

Os Escritórios de Apoio ao Gerenciamento de Obras - EAG, também conhecidos como PMOs - Project Management Oficces são entidades organizacionais reconhecidas em toda a teoria e acima de tudo, da prática de gerenciar projetos/obras, como facilitadoras do trabalho do gerente e do sucesso de sua empreitada.

O nome de EAG ou PMO é de uso recente na Indústria. Exemplos dos nomes antigos deste apoio ao gerente da obra são Planejamento da Obra, Planejamento de Obras (na Sede), Equipe da Técnica da Obra - em todos estes exemplos, elas realizavam apenas parte do que um EAG (PMO) habitualmente faz para agregar valor à gestão da obra e seus resultados.


Esta Sala mostra, de forma resumida, os principais tipos de organogramas que podem ser adotados para a estrutura organizacional de uma construtora. As informações desta sala são aplicáveis a quase totalidade das situações em que se esteja procurando definir um organograma para uma empresa em geral.

O que determina dominantemente a escolha de qual é o melhor tipo de organograma é se a empresa é orientada a PROCESSOS ou se é orientada a PROJETOS. Uma das seções desta Sala mostra elementos que poderão contribuir para a escolha do organograma mais adequado à cada situação.

O conteúdo desta Sala contribui  para o desenvolvimento de Competências CONTEXTUAIS (Ambiente Organizacional)

Seja muito bem vindo à sala de ORGANOGRAMAS NA PRÁTICA.

Essa sala apresenta um acervo relevante Organogramas adotados por Construtoras na prática. Ela traz uma quantidade grande de exemplos de uso prático imediato e deve ajudá-lo a entender melhor o organograma da empresa e/ou obra em que você atua, através de sugestões e exemplos que para auxiliá-lo quando você estiver criando ou melhorando organogramas.      

Existe uma outra sala, intitulada 2.2 ESTRUTURAS ORGANIZACIONAIS EM CONSTRUTORAS que DEVE ser realizada ANTES de começar esta. Ela lhe permitirá conhecer melhor os tipos de Organograma utilizados no dia a dia das empresas, suas principais características, bem como suas vantagens e desvantagens.

O conteúdo desta Sala tem grande importância no sucesso de uma obra/ empreendimento, pois trata das estratégias que levam à escolha de como as principais partes interessadas serão organizadas para obter o melhor alinhamento dos interesses e esforços do proprietário, projetistas, gerenciadores e construtores, no atendimento dos objetivos dos empreendedores da obra.

Aborda os principais tipos de relacionamentos entre proprietário, projetistas, gerenciador e construtor(es), para conceber e construir um dado empreendimento.